Planos de saúde animal estão mais acessíveis

Coments 3

Nem todos sabem, mas já existe plano de saúde animal e este tipo de serviço foi regulamentado em 1998 pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) através da Resolução 647, a qual estabelece as regras sobre como registrar as empresas e como devem funcionar. Estas empresas devem obrigatoriamente estar registradas no Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) de algum Estado, para poderem prestar os serviços a que se propõem.


Apesar dos planos de saúde animal já serem regulamentados há 13 anos, devido ao alto valor dos tipos de planos este assunto era mais elitizado, ou seja, era procurado apenas por uma minoria na sociedade, com a melhora econômica de outras classes sociais e o aumento de pessoas aderindo aos tais planos, os preços desses produtos acabaram por se tornar mais acessíveis para a população.


É importante saber que os animais envelhecem muito mais rápido e que seu tempo de vida é mais curto em relação ao nosso. Com a maturidade dos animais algumas doenças podem aparecer, estas podem ser prevenidas ou serem diagnosticadas no início, podendo ser tratadas e curadas. O maior inconveniente ainda na área pet são os valores de medicamentos, tratamentos, exames e consultas particulares. Pensando em unir o útil ao agradável, os planos de saúde animal surgem para viabilizar o lado econômico dos proprietários e proporcionar mais qualidade de vida aos animais, através dos convênios com clínicas veterinárias.


Os planos de saúde animal seguem a mesma linha/filosofia dos nossos planos, com diferentes planos de cobertura, limite de consultas e carência. É preciso ficar atento, pois os procedimentos cobertos apenas pelos plano básico de uma empresa, podem  ser encontrados no plano completo de outra.

- Tipos de plano de cobertura: Os proprietários dos animais podem escolher o tipo de plano desejado, para esta escolha poderá levar em conta, a idade do animal e o custo benefício.

1- Plano simples ou básico – este plano dá direito a vacinação anual, consultas sem limites, a pelo menos 5 exames laboratoriais ao ano, atendimento de emergência 24 horas e ainda apoio funeral.

2- Plano completo – este plano cobre, e dá direito a todos os serviços que é coberto pelo plano simples, além de exames laboratoriais, cirurgias, raio X, ultrassom de abdômen, internações e ainda tem direito a descontos se precisar fazer uso dos serviços de banho, tosa, hospedagem, adestramento e transporte ( táxi dog).

3- Plano Preventivo – os donos devem ser lembrados de que prevenir é melhor do que remediar e este plano foi criado para auxiliar na prevenção de doenças e para diagnosticá-las precocemente, diminuindo assim os gastos elevados que os donos teriam para tratar uma doença que surja de repente. Este plano abrange um pacote com procedimentos realizados preventivamente e diversos exames físicos e laboratoriais no período de um ano a partir da data de adesão ao plano. Este plano preventivo ainda é dividido em Plano A e Plano B, a diferença está no valor cobrado e nos procedimentos inclusos. É recomendado para quem adere a este tipo de plano que os procedimentos a serem realizados sigam uma sequência cronológica, sendo as vacinas anuais e consultas necessariamente os primeiros procedimentos a serem feitos, em seguida o veterinário após uma avaliação clínica do animal deve orientar quanto a melhor época de realizar cada procedimento restante ou contra-indicar um ou mais procedimentos anexados ao plano, neste caso o proprietário tem o direito de ser ressarcido na quantia estipulada no contrato.

Os procedimentos essenciais para manter o bem estar e a qualidade de vida animal, cobertos pelo plano preventivo, devem ter sua distribuição para serem realizados no prazo de um ano, são eles:


a) uma consulta anual, onde o exame clínico é fundamental para avaliar e descobrir se há algo de errado com o animal;
b) uma vacinação anual, sendo aplicada a vacina anti-rábica, a vacina déctupla (imuniza contra hepatite infecciosa, parainfluenza, adenovirose, coronavirose, parvovirose, 4 cepas da leptospirose e cinomose) e a vacina de Bordetella;
c) um tratamento odontológico, para avaliar a saúde bucal, pois se houver algum problema periodontal e não for tratado pode levar a uma infecção cardíaca/renal, este tratamento só é válido para quem adere ao plano preventivo A;
d) um exame de eletrocardiograma, este serve para saber se o animal tem algum tipo de alteração cardíaca;
e) um exame de ecocardiograma, o qual faz avaliação da função valvular e cardíaca, pode detectar tumores e aumento do coração;
f) um exame de ultrassom abdominal, este avalia as condições de todos os órgãos da cavidade abdominal, como útero, rins, fígado, bexiga;
g) um exame de raio-X torácico, onde se avalia coração, pulmões, traqueia;
h) uma mensuração da pressão arterial para diagnosticar uma possível hipertensão arterial e controlar doenças cardíacas e renais;
i) um exame laboratorial completo sendo realizados hemogramas e exames bioquímicos, para poder identificar uma possível anemia, infecção, alteração de coagulação, problemas hepáticos e renais, alteração na dosagem glicêmica e de eletrólitos, entres outras;
j) um exame de urina tipo 1, que poderá identificar infecções urinárias, diabetes, doenças renais e hepáticas, etc.



- Carência dos planos de saúde animal: existe carência para que o plano possa ser usado, só que é bem pequena, em torno de 30 dias.

- Vantagens do plano de saúde animal: uma das vantagens é a garantia de que os animais serão atendidos por veterinários especializados, com um custo acessível, além de poder contar com exames e certos serviços a qualquer hora.

-Média de valores dos planos de saúde animal: o que acontece nos nossos planos é o que o valor varia de cordo com a idade, no caso do plano para animais a idade não tem influência, já o tipo de cobertura escolhido faz variar o custo médio mensal do plano. Em casos de animais idosos (8 anos) a cobertura do plano é especial, com valor anual, dando-lhes o direito de receber descontos em qualquer serviço ou procedimento veterinário, o que não significa cobertura total. Um plano básico/simples e que cabe no orçamento de uma boa parcela da população, sem deixar de atender as expectativas dos proprietários quanto a cobertura do plano, com visitas e exames periódicos, fica em torno de R$ 49,00 por mês. Existem empresas que dão descontos quando o plano é feito para mais de um animal por dono.
Um plano preventivo custa em média R$ 1.200 por ano, podendo ser por algumas empresas, parcelado em até 10 vezes. Este valor significa que o proprietário economizará 25% no valor total se por um acaso estes procedimentos fossem pagos individualmente.

Custo por plano:

  • Plano preventivo A com tratamento odontológico pelo valor médio de R$ 140,00 x 10.
  • Plano preventivo B sem tratamento odontológico pelo valor médio de R$ 90,00 x 10.

É importante deixar claro que em casos de cães de porte grande (São Bernardo e Dog Alemão) os planos saem um pouco mais caros, em média R$ 39,00 a R$ 154,00 a mais.
 Quando um plano de saúde é contratado, o convênio faz uma exigência para que os animais sejam identificados, pois estes são parecidos, é a implantação de microship, contendo todos os dados do animal e dos donos. Esta precaução evita fraudes, ajuda os veterinários nas consultas por ficar gravado o prontuário dos animais e é o único jeito de certificar que o animal em questão é mesmo o segurado.

Para quem se preocupa com o bem estar e qualidade de vida do seu animal de estimação, sabe que simples providências tomadas como vacinação anual, desverminação a cada 3-4 meses, dieta a base de ração balanceada, são decisivas para o aumento da sobrevida deste em até 20%. Por isso é bom pensar se não é um bom negócio contratar um plano de saúde animal, pois o custo de cada procedimento realizado individualmente, necessário para manter a saúde dos animais, acaba saindo bem mais caro do que se estivessem cobertos por um plano de saúde com cobertura de diversos procedimentos cobrados por pacotes.

Lenise Tormena
Médica Veterinária, pós-graduada em Higiene e Inspeção de Produtos de Origem Animal e Vigilância Sanitária.
Voltar

3 comentários
Junho/2011
Olá, gostaria de saber qual a diferença entre plano de saúde animal e seguro saúde animal? Obrigado!!!


Olá Sérgio, primeiramente obrigada por me fazer esta pergunta. É o seguinte, plano-saúde animal e seguro-saúde animal podem às vezes cobrir os mesmos procedimentos realizados por médicos veterinários ou em clínicas veterinárias, com algumas diferenças. No caso do plano-saúde animal a operadora tem as clínicas veterinárias e médicos veterinários credenciados, ficando os associados restritos a escolher apenas estes. Já no seguro-saúde animal além de ter uma rede de médicos veterinários e clínicas veterinárias credenciados os associados tem a vantagem de poder escolher o médico veterinário ou clínica veterinária para tratar seu animal sem que sejam credenciados e ainda a garantia do reembolso ao proprietário de todas as despesas que porventura tenham em caso de acidente ou doença em que o animal venha à óbito ou ainda em que este desapareça. Às vezes o seguro-saúde animal poderá sair um pouco mais caro devido à estas vantagens.

Postar um novo comentário


Hotéis para seu cachorro


Artigos

Coments
0
Raças de cães que podem se adaptar melhor para serem criadas junto com crianças
Não é de hoje que sabemos do interesse/curiosidade da maioria das crianças pelos cães, só que se este contato não ...

Coments
0
Curiosidades interessantes sobre os cães
Cada espécie animal com suas diversas raças têm suas peculiaridades, e com os cães não é diferente, eles também tem ...

Coments
3
Planos de saúde animal estão mais acessíveis
Nem todos sabem, mas já existe plano de saúde animal e este tipo de serviço foi regulamentado em 1998 pelo ...

Coments
6
Posse responsável de animais domésticos
Sabe-se que um animal domesticado tem mais dificuldades para se virar sozinho, ou seja,  para conseguir sua própria alimentação e ...

Coments
2
Dicas e documentação necessária para viajar com cães e gatos
Existem proprietários que não gostam de ficar separados de seus animais de estimação, nem mesmo quando a viagem é curta, ...
Veja mais artigos
Últimos cadastradso
,
,
,
,